Jason Lee/Reuters
Jason Lee/Reuters

Xi Jinping é reeleito por unanimidade como presidente da China

Assembleia Nacional Popular chinesa aprovou também em sessão plenária a reestruturação do seu governo

EFE

17 Março 2018 | 00h33

PEQUIM - A Assembleia Nacional Popular chinesa reelegeu por unanimidade o presidente Xi Jinping para um novo mandato (2018-2023) durante votação realizada em sessão plenária no Grande Salão do Povo, em Pequim.

Xi, que graças à reforma constitucional também aprovada pela ANP no dia 11 de março, pode continuar na presidência da China após 2023, foi eleito com 2.970 votos a favor, nenhum contra e nenhuma abstenção.

Na mesma sessão foi aprovada - com apenas dois votos contra e duas abstenções - uma ambiciosa reestruturação do governo chinês.

+++ Congresso da China aprova mandato por tempo indeterminado para Xi Jinping

O plano de reforma estatal, apresentado na última terça-feira e debatido pelos legisladores ao longo desta semana, contempla entre outras mudanças a designação de um ministério para os veteranos do Exército chinês e outro para a atendimento de desastres naturais e emergências.

Outras mudanças incluem a reconversão do Ministério da Cultura em Cultura e Turismo, com o desaparecimento da administração estatal que até agora estava lidando com questões de turismo, ou a substituição do Ministério da Terra e Recursos pelo de Recursos Naturais.

Além das mudanças ministeriais, a reestruturação envolve a fusão das administrações reguladoras de bancos e seguros, uma mudança com o objetivo de aumentar a estabilidade financeira da segunda economia mundial. /EFE

 

 

Mais conteúdo sobre:
Xi Jinping China [Ásia] Pequim [China]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.