Xiita radical manda que guerrilheiros deixem Najaf

O líder radical xiita Muqtada al-Sadr ordenou que membros de sua milícia deixem as cidades sagradas de Najaf e Kufa, a menos que tenham residência nesses locais. A ordem vem em cumprimento a um acordo para pôr fim aos combates entre as forças de al-Sadr e tropas americanas.Al-Sadr pediu aos guerrilheiros que vieram a Najaf de outras partes do Iraque para ajudar a enfrentar os americanos que voltem para casa e ?cumpram seu dever como Deus quiser?, segundo nota emitida por seu gabinete.O líder religioso disse que colaborará com o governo provisório, se ele trabalhar para retirar os militares americanos do país. Al-Sadr lançou uma rebelião xiita contra os americanos depois que as autoridades de ocupação fecharam um jornal de sua propriedade e anunciaram que ele era procurado por um assassinato cometido em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.