, O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2010 | 00h00

O principal partido xiita e de oposição do Bahrein conquistou 18 das 40 cadeiras do Parlamento, em eleição realizada ontem. Tem uma cadeira a mais do que antes. Os xiitas, com ligações com clérigos e políticos do Irã e do Iraque, são maioria no país, mas a monarquia sunita é aliada da Arábia Saudita e dos EUA. Foi a terceira eleição do Bahrein em oito anos de constituição. Apesar de manifestações em favor do boicote às urnas, 67% dos eleitores compareceram. Nove cadeiras serão disputadas num segundo turno, mas devem ficar com o governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.