Zardari pode ter sofrido acidente isquêmico transitório

O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, provavelmente sofreu um acidente isquêmico transitório na semana passada, problema que levou à sua internação num hospital em Dubai, informou uma pessoa próxima ao presidente nesta terça-feira.

AE, Agência Estado

13 de dezembro de 2011 | 11h19

Esse tipo de ataque envolve a suspensão do fluxo sanguíneo para uma parte do cérebro por um pequeno período de tempo e leva a sintomas parecidos com o de um acidente vascular cerebral. O problema pode ser causado por um coágulo sanguíneo.

O diagnóstico ainda não é final, mas Zardari apresentou todos os sintomas, afirmou a fonte, que negou que o presidente paquistanês tenha sofrido um ataque cardíaco ou um derrame.

Zardari vai passar mais duas semanas em observação no hospital em Dubai, mas seu quadro é estável. O presidente viajou para Dubai na semana passada depois que seu filho, Bilawal Zardari Bhutto, o encontrou com diversas dores.

A ausência de Zardari de seu país ocorre num período difícil para o governo liderado pelo Partido do Povo do Paquistão. Nesta semana, Zardari deveria convocar uma sessão especial conjunta do Parlamento para discutir o ataque aéreo da Organização dos Tratado do Atlântico Norte (Otan) que, por engano, matou 24 soldados paquistaneses no mês passado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãZardaripresidentesaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.