Zelaya anuncia retorno iminente a Honduras

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, afirmou que partirá hoje de Washington com destino a Tegucigalpa, capital hondurenha, acompanhado pelo presidente da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, Miguel D''Escoto.

AE-AP, Agencia Estado

05 de julho de 2009 | 14h03

Segundo Zelaya, duas comissões partirão de Washington. A primeira, liderada por ele e composta também por D''Escoto, viajará a Tegucigalpa. A segunda, liderada pelo secretário-geral da Organização dos Estados Americanos, José Miguel Insulza, viajará a San Salvador e terá como integrantes a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, o presidente do Equador, Rafael Correa, e o presidente do Paraguai, Fernando Lugo.

Correa afirmou, durante uma entrevista coletiva concedida na embaixada do Equador em Washington, ser mais prudente que Zelaya fosse acompanhado apenas por D''Escoto na viagem a Honduras. Ele acrescentou que a comitiva com destino a San Salvador aguardará uma confirmação de que Zelaya poderá aterrissar. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Hondurasgolpe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.