Zimbábue: 102 elefantes mortos por envenenamento

Agentes de preservação ambiental do Zimbábue encontraram mais 11 carcaças de elefantes no interior do país. Com isso, chega a 102 o número de elefantes mortos por envenenamento no país africano.

AE, Agência Estado

15 de outubro de 2013 | 17h41

Duas pessoas foram presas em um povoado próximo ao Parque Nacional de Hwange. A persistente caça pelas presas dos animais já causa uma crise na vida selvagem local.

Os animais foram encontrados em uma cisterna há 40 quilômetros do campo turístico do parque, segundo nota da Autoridade Nacional de Parques a Vida Selvagem do Zimbábue.

Os elefantes, envenenados com cianeto, estavam mortos há menos de três semanas. Oito abutres também morreram após comerem parte das carcaças. A presença de aves de rapina com frequência indica a presença de animais mortos por caçadores. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Zimbábueelefantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.