''Zimbábue é meu'', desafia Mugabe

"O Zimbábue é meu", foi a resposta dada ontem pelo presidente Robert Mugabe aos líderes internacionais que pedem publicamente sua renúncia. O Zimbábue sofre com a hiperinflação e um surto de cólera que já provocou a morte de milhares de pessoas. Mugabe, há 28 anos no poder, atribui a culpa ao Ocidente que, segundo ele, está conspirando para tirá-lo da presidência. "Eu nunca, nunca, nunca, nunca me renderei." Ontem, Mugabe fez uma nova proposta de coalizão ao líder opositor, Morgan Tsvangirai, mas se apressou em prever que o adversário provavelmente não aceitará a oferta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.