Zimbábue: Oposição a Mugabe contesta eleição

Os advogados do primeiro-ministro Morgan Tsvangirai ingressaram com uma ação na Corte Constitucional do Zimbábue para contestar o resultado das eleições presidenciais de 31 de julho.

AE, Agência Estado

09 de agosto de 2013 | 20h09

A autoridade eleitoral zimbabuana declarou o presidente Robert Mugabe, há 33 anos no poder, reeleito com 61% dos votos.

Em frente à sede da Corte Constitucional, o advogado Chris Mhike disse a jornalistas que Tsvangirai quer que a votação seja anulada e um novo pleito seja realizado dentro de 60 dias.

Segundo o advogado, a oposição dispõe de provas de que houve compra de votos e outras irregularidades. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Zimbábueeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.