China ordena fechamento de mais de 100 blogs, diz ONG

Bloqueio foi efetuado pelos portais que alojavam as páginas "Sohu.com" e "Sina.com", dois dos maiores do país, a pedido do Governo chinês

EFE

17 de julho de 2010 | 12h07

PEQUIM - Mais de 100 blogs de importantes intelectuais, advogados e dissidentes chineses foram fechados por ordem governamental, segundo comunicado da organização China Human Rights Defenders (CHRD), publicado neste sábado, 17.

 

A associação explicou que o bloqueio foi efetuado pelos portais que alojavam as páginas, "Sohu.com" e "Sina.com", dois dos maiores do país, a pedido do Governo chinês.

 

A CHRD qualifica a ação como "um movimento incomum" e assegura que os dois portais pediram desculpas privadamente aos os blogueiros afetados pela medida, assegurando que estavam "atuando sob ordens de autoridades superiores".No entanto, nenhum dos dois portais forneceu mais detalhes acerca do fechamento.

 

Entre os autores afetados estão He Weifang, advogado e professor de direito na Universidade de Pequim; Liu Junning, analista político; Pu Zhiqiang, advogado especializado em casos de direitos humanos; e o também letrado Xu Zhiyong, que ganhou fama internacional por sua defesa dos pais de crianças afetadas em 2008 por leite contaminado com melamina.

 

A China é o país do mundo com maior número de internautas, mais de 420 milhões segundo a última apuração oficial, mas também um dos que tem censura de conteúdos mais ferrenha. A organização de direitos humanos também denunciou que vários dissidentes residentes em Pequim ficaram sob vigilância domiciliária durante a visita oficial à China da chanceler alemã, Angela Merkel.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.