Samantha Slinn / The New York Times
Samantha Slinn / The New York Times

Máscaras de beleza, mas não para o rosto

O cuidado da pele do 'derrière' agora está na moda; consumidores atualmente investem mais tempo, dinheiro e energia em uma rotina de beleza que inclui áreas íntimas

Arit John, The New York Times

23 de outubro de 2019 | 06h00

Assim como os tratamentos de beleza faciais foram crescendo e hoje incluem produtos de limpeza, tônicos, serums, cremes e máscaras, as fabricantes de produtos de beleza começaram a lançar produtos especialmente elaborados para o bumbum dos consumidores. Agora, há máscaras descartáveis específica para esta parte do corpo, juntamente com hidratantes, esfoliantes, seruns e óleos. E se você quiser que o seu posterior tenha a mesma pele fresca, o brilho pós-químico de um peeling do seu rosto, depois de um procedimento facial, os estetistas oferecem os mesmos serviços para as suas nádegas.

Os analistas de beleza afirmam que a ascensão de produtos para o derrière constituem provavelmente uma decorrência do imenso crescimento do mercado voltado para os cuidados da pele, setor que, em 2018, movimentou nos Estados Unidos US$ 5,6 bilhões, segundo a empresa de pesquisa de mercado NPD Group.

As companhias também atendem os consumidores que exigem produtos “limpos” para o cuidado da pele, ou seja, que segundo as suas marcas, não contêm ingredientes nocivos. Os consumidores atualmente investem mais tempo, dinheiro e energia a uma rotina de beleza para todo o seu corpo. “O que observamos é que ocorre um boom do chamado bem-estar integrado”, disse Emma Chiu, diretora da empresa de pesquisa JWT Intelligence. “Isto inclui basicamente todos os aspectos da sua pessoa e de você mesmo como pessoa”.

As start-ups estão preparando o caminho  para o cuidado da pele “íntima”, afirma Emma. A linha de cuidados da pele de Nannette deGaspé, conhecida por suas máscaras descartáveis, oferece o Tush, um tratamento de cinco semanas que, segundo ela, “reconstitui os contornos da área do bumbum, restaurando ao mesmo tempo a sua firmeza, suavidade e elasticidade”.

A Anese, que atua na área dos cuidados da pele, fundada em Los Angeles em 2016, usou uma abordagem mais alegre para batizar o seu trio original destinado ao bumbum: o esfoliante com perfume de pêssego That Booty Tho, a máscara de colágeno Down with the Thickness e o óleo Have You Seen My Underwear .

Seu produto mais novo é Illuminaughty, um esfoliante que deixa um "brilho duradouro” e tem perfumes de coco ou jasmim. Bawdy Beauty, inaugurada em 2017, oferece quatro máscaras básicas, cada uma com afirmações extraordinárias. Uma delas “dá ao seu bumbum um brilho instantâneo”.

Chiu disse: “Gosto de ver que marcas como Bawdy e Anese adotam uma abordagem humorística, irônica, para anunciar os seus produtos. Quando você fala em cuidados da pele íntima prefere não ser excessivamente séria”.

A convergência do bem-estar, cuidado da pele, positividade do corpo e tendências pró-bumbum criaram uma estratégia perfeita  para os empreendedores que atuam em produtos destinados o bumbum: todos são lindos, mas também podem ficar mais lindos ainda.

A fundadora da Bawdy, Sylwia Wiesenberg, levou isto muito a sério. “Eu quero me sentir linda, mas mais ainda quero que o meu bumbum combine com o meu rosto”, brincou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.