Tony Cenicola/The New York Times
Tony Cenicola/The New York Times
Tara Parker-Pope, The New York Times - Life/Style

15 de janeiro de 2021 | 05h00

Está na hora de fazer um upgrade da sua máscara? No momento, muitos de nós já escolhemos um tipo preferido para nos protegermos contra o coronavírus. Mas uma nova pesquisa mostra que alguns aprimoramentos em termos do tecido, filtros e ajustes darão uma maior proteção.

Linsey Marr, professora de engenharia civil e ambiental na faculdade Virginia Tech e uma das mais importantes cientistas na área do aerossol, liderou uma pesquisa que testou 11 diferentes materiais de máscaras. As conclusões do estudo confirmam o que outros laboratórios constataram: você não precisa de uma máscara N95 para estar segura contra o coronavírus. A máscara de tecido correta, bem ajustada, desempenha um bom trabalho de filtrar as partículas virais no volume mais provável de causar a infecção.

Mas Linsey Marr e seus colegas concluíram também que pequenos aprimoramentos na máscara melhoram muito mais a sua eficácia, protegendo você e outras pessoas de potenciais partículas infecciosas.

Eis as suas conclusões:

Três camadas são melhores que duas

A melhor máscara tem duas camadas de tecido com trama bem fechada e um material filtrante no meio. Você pode usar o material de máscara cirúrgica ou mesmo um pedaço de filtro de aspirador de pó. Os filtros de café são uma opção, mas deixam a respiração mais difícil. Se prefere máscaras com duas camadas, use-as sobre uma máscara cirúrgica, aumentando a proteção. Uma máscara de tecido bem ajustada no rosto e com uma terceira camada de filtro impede a absorção de 70% a 90% das partículas perigosas, concluíram os pesquisadores.

Material flexível é melhor

Um material rígido cria brechas nas bordas. Procure uma máscara feita de tecido flexível que contorne todo o rosto. Máscaras feitas com tecido de trama fechada com arame que pode ser moldados em torno do nariz também se ajustam melhor fechando os espaços onde o ar pode escapar e infiltrar.

Máscaras de amarrar são melhores do que as presas nas orelhas

As máscaras de amarrar atrás da cabeça se ajustam melhor e são mais confortáveis. Aquelas presas na orelha deixam espaços abertos maiores no rosto e as orelhas podem sofrer com o uso mais prolongado.

Os escudos faciais devem ser usados com máscaras

Os escudos faciais oferecem pouca proteção, talvez nenhuma. Embora o escudo de plástico transparente seja impermeável, o ar entra e penetra pelas suas bordas. “É o pior de tudo”, disse Jin Pan, estudante de engenharia civil e ambiental e coautor do estudo. Um escudo facial combinado com uma máscara propicia mais proteção, particularmente para os olhos.

Uma máscara bem ajustada protege seu usuário

Marr e seus colegas testaram máscaras de tecido para saber a que ponto elas protegem as outras pessoas além de quem a está usando. Embora as máscaras sejam mais eficazes na filtragem dos germes de quem usa, elas param os germes de fora quase na mesma proporção. As máscaras que não protegem seu usuário são aquelas feitas de material mais rígido e que ficam mais folgadas no rosto, com espaços abertos nas bordas.

Um estudo recente feito na Dinamarca sugere que as máscaras não protegem, mas Marr observou que nesse estudo muitas pessoas não as usavam de modo apropriado. “Menos da metade as usava como ensinado”. Embora as conclusões de Linsey Marr venham de um laboratório e não do mundo real, ela afirma que esta pesquisa mais recente feita pelo seu grupo dá segurança para as pessoas que usam máscaras bem ajustadas de que estão tendo uma proteção adicional contra os germes de outras pessoas.

A pesquisa também tranquiliza as pessoas quanto aos benefícios das máscaras de tecido. Linsey Marr observou que elas não fazem “100% do trabalho” e é importante adotar outras medidas de higiene, como lavar as mãos e restringir os contatos sociais.

“Alguma coisa é melhor que nada”, disse ela. “Mesmo a mais simples máscara de tecido de uma camada de material bloqueia metade ou mais dos aerossóis que achamos que são importantes para a transmissão. Se você usa uma máscara com mais camadas e cujo tecido tem uma trama mais fechada o desempenho será ainda melhor”. / TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO

The New York Times Licensing Group - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito do The New York Times.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.