Abbas pede que Israel aceite acordo para 2 Estados

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, pediu que Israel aceite uma solução de dois Estados com base nas fronteiras de 1967, advertindo que a oportunidade "pode não ficar na mesa por muito tempo", dadas as reviravoltas políticas provocadas pela Primavera Árabe.

REUTERS

05 de junho de 2012 | 16h17

Abbas defendeu a posição palestina por um Estado e para se tornar membro pleno da Organização das Nações Unidas (ONU) em uma conferência do Fórum Econômico Mundial em Istambul, ressaltando que o fato de se tornar membro da ONU não prejudicaria as negociações com Israel.

"Gostaria de me dirigir a nossos vizinhos israelenses e dizer que buscamos a paz e a liberdade e que nosso povo fez um sacrifício enorme quando aceitou em estabelecer o seu Estado em uma área um quarto menor do que a Palestina histórica", afirmou Abbas.

"Portanto, não deem as costas a essa oportunidade...essa oportunidade talvez não fique na mesa por muito tempo porque a região testemunha acontecimentos velozes", disse ele.

No ano passado, revoltas populares derrubaram autocratas e ditadores árabes por todo norte da África e no Oriente Médio, desarrumaram a equação política externa norte-americana na região e isolando ainda mais Israel.

(Reportagem de Jonathon Burch)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDABBASISTAMBUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.