Ação da Otan na Líbia dura enquanto for necessário--Grã-Bretanha

A ação militar da Otan na Líbia "vai durar o quanto for necessário", afirmou o secretário britânico de Relações Exteriores, William Hague, nesta terça-feira, contradizendo o líder deposto Muammar Gaddafi.

REUTERS

20 Setembro 2011 | 11h23

O comentário foi feito durante entrevista à Sky News, de Nova York. Ele respondia ao discurso em áudio de Gaddafi, transmitido por uma televisão síria, em que o ex-líder líbio afirmava que "os bombardeios de aviões da Otan não vão durar".

Mais conteúdo sobre:
LIBIAGRABRETANHAOTAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.