Acordo de paz em 2008 seria um milagre, diz negociador palestino

Os percalços enfrentadospelo processo de paz entre israelenses e palestinos significamque um "milagre" precisaria ocorrer para que fosse atingida ameta fixada pelo governo dos Estados Unidos sobre selar umacordo até o final de 2008, afirmou na quarta-feira o principalnegociador palestino. "Todas as questões foram discutidas com os israelenses enão houve nenhum progresso palpável até agora", disse AhmedQurie, ex-primeiro-ministro palestino, diante de líderes dafacção Fatah, na cidade de Ramallah. "Para atingirmos um acordo de paz até o final do ano, seriapreciso um milagre." O presidente dos EUA, George W. Bush, maior patrocinadordas negociações de paz, quer que um acordo sobre a criação deum Estado palestino seja selado antes do final do mandato dele,em janeiro. O processo vem enfrentando dificuldades também devido àconstrução, por Israel, de assentamentos na Cisjordânia ocupadae devido a episódios de violência ocorridos na fronteira com aFaixa de Gaza, um território controlado pelo grupo militanteHamas. (Por Mohammed Assadi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.