Ahmadinejad quer mais comércio Irã-Argélia

O presidente iraniano, MahmoudAhmadinejad, pediu na segunda-feira às empresas argelinas queampliem o fluxo de comércio e investimentos entre os doispaíses da Opep. Segundo ele, os setores automobilístico,petroquímico e de gás são especialmente propícios. Falando a empresários no primeiro de dois dias de visita aopaís, Ahmadinejad disse que os amplos recursos energéticos dosdois países criam uma boa base para a ampliação da cooperação. "O Irã está determinado a remover todos os obstáculos aodesenvolvimento de relações econômicas, comerciais e deinvestimentos. Estamos prontos para transferir expertise do Irãaos empresários argelinos", declarou. O comércio bilateral ainda é pequeno, de apenas 7 milhõesde dólares. Ahmadinejad citou exemplos de expertise iraniana no caso dagrande indústria automobilística iraniana, e disse, sem entrarem detalhes, que ambos os países podem aprender mutuamente comseus setores de gás e petroquímicos. O Irã, que tem a segunda maior reserva de gás do mundo, e aArgélia, que tem a sétima maior reserva, querem tambémcompartilhar conhecimentos nesse setor, especialmente naprodução e comercialização e no negócio do gás naturalliquefeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.