Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Ahmadinejad vai a Meca após histórico convite do rei saudita

Presidente iraniano é convidado por principal aliado dos EUA na região após relatório nuclear a favor do Irã

Efe,

13 de dezembro de 2007 | 12h16

O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, viajará na próxima semana para Meca em resposta ao convite do rei saudita, Abdullah Bin Abdelaziz, que pela primeira vez desde 1979 convidou um líder do Irã a peregrinar à cidade santa.   A televisão oficial iraniana qualificou o convite de "histórico", reflexo das boas relações entre a Arábia Saudita e o Irã. Desde que assumiu o cargo, em 2005, Ahmadinejad visitou a Arábia Saudita em três ocasiões, após anos de tensão entre os dois países.   No dia 17, milhares de fiéis iniciarão o Hajj, peregrinação que todo muçulmano deve fazer pelo menos uma vez na vida aos santuários de Meca e Medina, lugares sagrados para o Islã.   A Arábia Saudita e outros países do Golfo Pérsico aliados dos Estados Unidos - todos de maioria sunita - estão preocupados com a crescente regional influência do Irã - um país de maioria xiita.   O convite, no entanto, parece refletir um desejo da Arábia Saudita em se aproximar de seu vizinho. Ele vem uma semana depois da divulgação de um relatório de inteligência americano que revelou que Teerã cancelou seu programa de armas nucleares há quatro anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.