AIEA pretende resolver 'questões substantivas' no Irã

Inspetores da agência nuclear da ONU visitam instalações iranianas no final do mês

Reuters

23 de janeiro de 2012 | 15h08

VIENA - A agência nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) confirmou na segunda-feira os planos de uma visita ao Irã entre 29 e 31 de janeiro e disse que seu principal objetivo é "resolver todas as questões substantivas pendentes", referindo-se à suspeita de que o programa iraniano de energia atômica tenha dimensões militares.

 

Veja também:

linkVeja as sanções já aplicadas contra o Irã

link ESPECIAL: Relembre outros ataques contra o Irã

link ESPECIAL: O programa nuclear do Irã

 

Uma equipe sênior da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) deverá buscar explicações nas conversações em Teerã para as informações da inteligência indicando que o Irã tem tentado pesquisar e desenvolver armas nucleares relevantes, afirmam diplomatas.

A missão da AIEA será liderada pelo vice-diretor geral Herman Nackaerts, chefe mundial das inspeções para salvaguardas nucleares, e incluirá Rafael Grossi, o diretor geral assistente para política.

 

"A equipe da agência vai ao Irã com um espírito construtivo e confiamos de que o Irã trabalhará conosco nesse mesmo espírito", disse em um comunicado Yukiya Amano, diretor geral da agência que tem sede em Viena.

"O objetivo geral da AIEA é resolver todas as questões substantivas pendentes", acrescentou o comunicado da AIEA, confirmando pela primeira vez a data da visita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.