Hamid Forutan/Efe
Hamid Forutan/Efe

AIEA propõe envio de missão ao Irã para checar programa nuclear

Diretor da agência quer estabelecer data para a visita da equipe de investigadores em breve

Reuters

17 de novembro de 2011 | 16h56

VIENA - O diretor da agência da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano, disse ter proposto nesta quinta-feira, 17, o envio de uma missão especial ao Irã para discutir as preocupações sobre a possível dimensão militar do programa nuclear do país.

 

Veja também:

documento PARA ENTENDER: O que diz o relatório da AIEA

lista Veja as sanções já aplicadas contra o Irã

lista NA ÍNTEGRA: O relatório da AIEA (em inglês)

especialESPECIAL: Tambores de guerra no Oriente Médio

especialESPECIAL: O programa nuclear do Irã

 

Amano, que dirige a agência vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), informou ter escrito a uma alta autoridade autoridade do setor nuclear iraniano para propor a visita na qual seriam enfocadas as questões levantadas no último relatório desse órgão da ONU.

"Espero que cheguemos a uma data apropriada em breve. É essencial que qualquer missão enfoque as questões apontadas no relatório", disse Amano ao conselho diretor da AIEA em Viena.

 

O relatório diz que o Irã aparentemente trabalhou no desenvolvimento de uma bomba atômica, e que ainda hoje mantém pesquisas secretas. Foi o mais detalhado documento da AIEA sobre o assunto até agora.

 

O documento respalda as acusações das potências ocidentais, que acusam Teerã de buscar o desenvolvimento de armas nucleares com o programa. O Irã nega que esteja tentando fabricar tais dispositivos atômicos e alega ter fins pacíficos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.