AIEA quer que Irã esclareça plano de expansão nuclear

A agência nuclear da ONU afirmou nesta terça-feira que deseja um esclarecimento do Irã sobre os planos da República Islâmica de construir mais 10 usinas de enriquecimento de urânio e disse que o governo de Teerã ainda não informou à agência sobre seus projetos.

REUTERS

01 de dezembro de 2009 | 16h56

O anúncio do Irã, feito por meio da mídia oficial no domingo, foi visto como um gesto de desafio após uma resolução da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) condenando os segredos nucleares de Teerã.

O Irã disse que a expansão começaria nos próximos dois meses e que cinco locais já foram escolhidos para a instalação das usinas, que terão o mesmo tamanho do centro de enriquecimento de urânio de Natanz.

"O Irã ainda não informou à agência diretamente sobre sua decisão. A agência vai buscar esclarecimentos do Irã sobre seu anúncio", disse a AIEA em comunicado.

Mais cedo nesta terça-feira, o diplomata japonês Yukiya Amano tomou posse como novo chefe da AIEA.

"A situação em torno da agência é tempestuosa agora. Temos muitos desafios difíceis", disse ele a repórteres, sem comentar especificamente sobre o Irã.

(Reportagem de Sylvia Westall)

Tudo o que sabemos sobre:
IRANUCLEARAIEA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.