Al Qaeda no Iraque mostra restos de piloto dos EUA em vídeo

Um grupo da Al Qaeda no Iraque apelou aosnorte-americanos nesta quinta-feira para que rejeitem aspolíticas do presidente George W. Bush e divulgou um vídeoaparentemente mostrando os restos de um piloto dos EstadosUnidos, morto ano passado. O vídeo, postado na Internet pela parte midiática do EstadoIslâmico no Iraque, mostrou o corpo de um homem morto vestindoroupa de vôo, deitado em um campo aberto. "Para o povo da América: o Iraque pegou muitos de seussoldados e Bush é a causa disso", afirmou uma voz no vídeo, quetambém incluía imagens de crianças iraquianas que supostamenteforam mortas por um ataque aéreo norte-americano. O vídeo também mostrou um cartão de identificação da ForçaAérea com o nome de Troy Gilbert, um piloto norte-americanocujo avião caiu em novembro de 2006. Ele originalmente foi considerado desaparecido, mas foideclarado morto com base em restos humanos achados no local daqueda, segundo um website militar dos EUA. "É seu presidente (que é responsável). Aquele que o enganousobre a guerra do Iraque. E a trapaça dele continua", disse avoz no vídeo, divulgado antes de um grande discurso de Bushsobre sua política para o país. Um porta-voz militar dos EUA no Iraque disse mais cedo nãoter informação imediata e a autenticidade do vídeo não pôde serconfirmada. O Estado Islâmico no Iraque, um grupo formado ano passadopelo braço da Al Qaeda no Iraque e outros insurgentes sunitas,reivindicou a responsabilidade por sequestros em massa em umasérie de grandes ataques. (Reportagem adicional de Dominic Evans em Bagdá)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.