Aliado de Netanyahu diz ter se encontrado com diplomatas sírios

Um político do partido do primeiro-ministro-designado de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nesta terça-feira ter se encontrado com diplomatas sírios nos Estados Unidos e se sentiu encorajado sobre as perspectivas de paz. Netanyahu, que recebeu a missão de formar um novo governo após as eleições de 10 de fevereiro em Israel, tem se mostrado publicamente indiferente às conversas com a Síria mediadas pela Turquia, lançadas pelo atual primeiro-ministro, Ehud Olmert, que está de saída do cargo. Ayoob Kara, um parlamentar do Likud da comunidade de druzos árabes --que possui raízes em Israel, na Síria e no Líbano-- disse que antes das eleições ele visitou Washington e foi apresentado à autoridades da embaixada síria. "Não sabia que eles estariam lá. Os norte-americanos me levaram", disse ele à Reuters. "Em circunstâncias semelhantes anteriores, eles (sírios) teriam fugido de mim, mas desta vez eles vieram correndo para falar comigo". "Das nossas discussões, dos aspectos delas, está claro que eles estão muito interessados em criar uma nova situação sobre os nossos laços. Eu acho que podemos estar no início de um novo começo". Tentativas anteriores de paz não encontraram consenso sobre a porção das Colinas de Golã, capturadas por Israel na Guerra dos Seis Dias em 1967 e anexadas em uma decisão não reconhecida internacionalmente, seria devolvida à Síria. O governo de Olmert também exigiu que a Síria reduzisse suas relações com o Irã, o libanês Hezbollah e o palestino Hamas, todos inimigos declarados de Israel. A Síria rejeitou tal pré-requisito. Kara não nomeou seus interlocutores sírios mas disse ter dito a eles que "sem flexibilidade, não pode haver um processo diplomático. Eu quis dizer uma mudança na posição deles, o fato de eles não poderem continuar a apoiar o terror". Um porta-voz de Netanyahu, Dina Libster, disse não ter conhecimento do relato de Kara. (Reportagem de Dan Williams)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.