Ao menos 30 pessoas morrem em intensos confrontos em Benghazi, na Líbia

Pelo menos 30 pessoas foram mortas na manhã desta terça-feira em Benghazi, no leste da Líbia, durante intensos confrontos, incluindo o uso de aviões de guerra e foguetes, entre forças especiais do governo e militantes islamitas, disseram fontes médicas.

REUTERS

29 Julho 2014 | 10h30

Intensos confrontos em Benghazi, segunda maior cidade do país, e combates entre milícias rivais na capital, Trípoli, tem mergulhado a Líbia em um caos cada vez mais profundo, após duas semanas da pior violência vista desde a guerra civil de 2011, que derrubou Muammar Gaddafi.

"Recebemos 30 corpos até agora", disse uma fonte médica à Reuters no principal hospital de Benghazi.

(Reportagem de Ayman al-Warfalli; Texto de Aziz El Yaakoubi)

Mais conteúdo sobre:
LIBIABEGHAZIMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.