Esam Al-Fetori/Reuters
Esam Al-Fetori/Reuters

Armas contrabandeadas da Líbia estão chegando a Gaza, diz Israel

Segundo vice-premiê Moshe Yaalon, o Hamas explora a situação instável na Líbia para comprar armas

REUTERS

21 de julho de 2011 | 14h07

JERUSALÉM - A Líbia se tornou uma nova fonte de armas contrabandeadas para os palestinos na Faixa de Gaza, disse nesta quinta-feira, 21, o vice-premiê israelense Moshe Yaalon.

 

Veja também:

linkYaalon: Israel não vai se desculpar pela morte de ativistas turcos

 

Segundo Yaalon, grande parte do leste da Líbia teria sido tomada pelas forças rebeldes que estão lutando contra Muamar Kadafi desde fevereiro. Na teoria do ministro, as armas estariam cruzando a fronteira líbia para o Egito, atravessando o país e chegando ao território governado pelo Hamas.

 

"Armas estão disponíveis na Líbia por conta da situação instável, e o Hamas tem explorado isso para comprar armas de contrabandistas líbios", disse ele a jornalistas estrangeiros durante coletiva de imprensa, sem detalhar que tipo de armamento estariam sendo comercializadas.

 

Segundo a Reuters, o Hamas não comentou as acusações de Yaalon. A península egípcia do Sinai, que faz fronteira com Israel e Gaza, tem sido testemunha histórica do tráfego de armas palestinas, que atravessam o Sudão ou são transportadas em navios pelo Mediterrâneo.

Tudo o que sabemos sobre:
ISRAELLIBIAARMAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.