Thomas Coex/AFP
Thomas Coex/AFP

Ataque aéreo de Israel a posição militar deixa três feridos, diz Síria

Israel não comentou o ataque, embora já tenha assumido atacar alvos iranianos dentro de território sírio

Albert Aji, AP

13 de abril de 2019 | 04h46

DAMASCO - Um ataque aéreo israelense a uma base militar na região central da Síria feriu três soldados e destruiu instalações. A agência estatal síria afirmou que o ataque à base na província de Hama ocorreu nas primeiras horas deste sábado, horário local. Israel não comentou os ataques.

A agência de notícias citou um oficial militar não identificado. Ele disse que aviões israelenses dispararam mísseis em direção à Síria a partir do espaço aéreo do Líbano. O oficial ainda afirmou que alguns dos mísseis foram destruídos pelas defesas sírias.

O exército israelense não costuma fazer comentários sobre seus ataques aéreos à Síria. No entanto, já afirmou que ataca alvos iranianos dentro da Síria. A última vez em que confirmou ter feito um ataque deste tipo foi em março deste ano.

O Irã é um aliado importante do presidente sírio, Bashar al-Assad, e já ofereceu a ele conselheiros militares. O Irã ainda enviou combatentes para território sírio e suporte material para apoiar as tropas de Bashar al-Assad na guerra civil que já assola o país há oito anos.

Israel vê o Irã como uma ameaça à segurança nacional e diz que não vai tolerar a presença de forças iranianas perto de suas fronteiras.

Mais conteúdo sobre:
Síria [Ásia]Israel [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.