Ataque aéreo de Israel mata dois militantes em Gaza--médicos

Um ataque aéreo israelense matou dois militantes palestinos na Faixa de Gaza, perto da cerca de fronteira com Israel, disseram fontes médicas na terça-feira.

REUTERS

31 de março de 2009 | 08h54

Moradores do campo de refugiados de Maghazi, nas proximidades, disseram que um helicóptero disparou dois mísseis nos militantes, que haviam lançado uma granada contra militares israelenses.

As fontes disseram que dois militantes foram mortos e outros dois homens armados ficaram feridos. Parentes dos mortos disseram que os militantes eram membros do braço armado do Hamas, a facção islâmica que controla a Faixa de Gaza.

Um porta-voz militar de Israel disse que o fogo foi disparado contra os militantes que tentavam plantar artefatos explosivos ao logo da cerca na fronteira. Um soldado israelense ficou levemente ferido no incidente.

Esse foi o primeiro confronto confirmado na Faixa de Gaza neste mês no qual militantes foram mortos por ação de forças israelenses. Israel encerrou uma ofensiva de 22 dias contra o território em 18 de janeiro.

(Reportagem de Nidal al-Mugharabi e Ori Lewis)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELGAZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.