Ataque aéreo sírio mata 20 rebeldes na fronteira libanesa, dizem fontes

Um ataque da Força Aérea da Síria na fronteira com o Líbano matou cerca de 20 combatentes rebeldes sírios nesta sexta-feira, disseram fontes de segurança.

REUTERS

25 de julho de 2014 | 16h24

O ataque ocorreu dentro do território libanês em uma área árida a leste da cidade de Arsal, de acordo com as fontes.

Neste mês, pelo menos quatro pessoas foram mortas e sete ficaram feridas em ataques aéreos durante a noite realizados por forças sírias sobre montanhas e vales perto de Arsal.

Combatentes rebeldes sírios cruzam a fronteira com frequência para Arsal, uma cidade muçulmana sunita, onde os moradores têm sido simpáticos aos combatentes que tentam derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad, que é da minoria alauíta.

Em janeiro, o lançamento de foguetes da Síria matou pelo menos sete pessoas na cidade e feriu 15.

O Líbano, que foi dilacerado por sua própria guerra civil de 1975 a 1990, vem lutando para ficar fora da guerra civil da Síria, que tem alimentado tensões sectárias na região.

(Reportagem de Sylvia Westal)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAATAQUEFRONTEIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.