Ataque contra posto militar deixa 7 mortos e 1 ferido no Iraque

Entre os mortos há cinco soldados; explosão em Bagdá deixou outros quatro feridos

Efe

24 de março de 2010 | 09h39

BAGDÁ - Pelo menos sete pessoas morreram e uma ficou ferida em um ataque realizado nesta quarta-feira, 24, contra um posto de controle do Exército iraquiano no sudeste de Bagdá, informou uma fonte do Ministério do Interior.

 

Cinco dos mortos são militares, que foram atingidos por disparos de um grupo de homens armados. Na madrugada, o grupo um posto do Exército perto de uma escola primária invadiu com armas automáticas e silenciadores. A maioria dos militares mortos foi atingida no peito e na cabeça.

 

Os atiradores conseguiram fugir. Enquanto os assassinos escapavam, um militar de prontidão atirou em direção a eles, acertando três irmãos que passavam pela rua, dois dos quais morreram. As fontes do Ministério do Interior não ligaram os dois irmãos mortos com o ataque, mas uma investigação foi aberta para esclarecer o ocorrido.

 

Também em Bagdá, uma bomba explodiu em uma rua da zona leste de Bagdá durante a passagem de uma patrulha do Exército. Quatro civis ficaram feridos na explosão.

Tudo o que sabemos sobre:
BagdáIraqueatentadoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.