Ataque da Isaf mata 18 suspostos insurgentes no Afeganistão

Forças sob comando da Otan localizaram grupo e iniciaram ataque; fuzis, granadas e rádios foram apreendidos

Efe,

12 de abril de 2009 | 10h40

Pelo menos 18 supostos insurgentes morreram durante um bombardeio da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no nordeste do Afeganistão, informou neste domingo, 12, a organização, em comunicado.

 

Veja também:

linkSupostos insurgentes morrem em combate no Afeganistão

 

O incidente ocorreu na sexta-feira à tarde no distrito de Pech, na província de Kunar, onde as tropas da Isaf - sob mandato da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) - realizavam tarefas de avaliação ao longo de uma rota de infiltração insurgente.

 

As forças estabeleceram uma base e mobilizaram uma equipe de observação, que conseguiu localizar um grupo de cerca de 26 insurgentes armados e com lanternas a apenas dois metros dos exploradores.

 

Os exploradores notificaram por rádio à base sobre a presença dos supostos insurgentes e se posicionaram para enfrentá-los. Após um tiroteio inicial, segundo a nota, as tropas pediram apoio aéreo e helicópteros de combate, em tarefas de apoio às tropas de terra.

 

Após o combate, a patrulha confiscou dez fuzis AK-47, lança-granadas com munição, cinco rádios e duas granadas de mão.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoinsurgentesIsaf

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.