Ataque de militantes de Gaza fere dois soldados israelenses

Militantes palestinos da Faixa de Gaza lançaram duas granadas de morteiro contra Israel, ferindo dois soldados, afirmaram militares israelenses.

REUTERS

17 de agosto de 2010 | 08h52

Depois do incidente, autoridades do setor de segurança da Faixa de Gaza, governada pelo grupo islâmico Hamas, disseram que seis tanques de Israel entraram no território e um deles disparou contra uma casa perto da cidade de Khan Younis. Não há informações sobre vítimas.

O Exército israelense informou que dois soldados ficaram levemente feridos e foram levados a um hospital.

O ataque de morteiros foi desfechado um dia depois que soldados israelenses mataram um militante que, segundo o Exército de Israel, estava colocando explosivos ao longo da fronteira entre o país e a Faixa de Gaza.

De acordo com informações dos militares israelenses, pelo menos 115 foguetes e granadas de morteiro foram lançados da Faixa de Gaza contra Israel desde o início do ano.

O país desencadeou uma guerra de três semanas na Faixa de Gaza em dezembro de 2008, alegando ter como objetivo conter tais ataques.

(Reportagem adicional de Nidal al-Mughrabi, em Gaza)

Tudo o que sabemos sobre:
ORMEDISRAELGAZAFERIDOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.