Ataque dos EUA mata 8 membros de uma família no Iraque

Entre as vítimas há cinco homens e três mulheres; operação aconteceu em Dour, ao norte de Bagdá

Efe,

19 de setembro de 2008 | 07h02

Oito pessoas da mesma família morreram nesta sexta-feira, 19, na localidade iraquiana de Dour, ao norte de Bagdá, quando um helicóptero americano atacou sua casa, informaram fontes policiais. As fontes disseram que o ataque fazia parte de uma operação de busca nesse povoado, situado ao sudeste da cidade de Tikrit, capital da província central de Salah ad-Din. As vítimas são cinco homens e três mulheres, segundo as mesmas fontes. A ação não foi confirmada pelo Exército dos EUA desdobrado no Iraque, que no dia 16 de setembro ficou ao comando do general Raymond Odierno. Dour, a vila onde aconteceu a operação, é o lugar onde nasceu Izzat Ibrahim al-Douri, o "número dois" do regime de Saddam Hussein. Douri, que exerceu como vice-presidente do Conselho Revolucionário do Iraque nos tempos de Saddam, é procurado pelas tropas americanas neste país, que fixaram uma recompensa de US$ 25 milhões para quem dê pistas que levem a sua detenção.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.