Ataque israelense deixa sete mortos na Faixa de Gaza

Governo israelense diz que operação é uma resposta ao lançamento de foguetes por militantes palestinos

BBC BRASIL

05 de fevereiro de 2008 | 17h09

Um ataque aéreo israelense atingiu nesta terça-feira, 5, uma delegacia de polícia no sul da Faixa de Gaza e deixou sete mortos, segundo autoridades médicas palestinas. Relatos indicam que todos os mortos eram integrantes da polícia da Faixa de Gaza, comandada pelo Hamas.  Israel confirmou o ataque e acrescentou que a operação foi uma reação aos foguetes disparados horas antes por militantes palestinos. Os foguetes palestinos atingiram uma fábrica na cidade israelense de Sderot, mas não deixaram nenhum ferido.O ataque aéreo de Israel ocorre um dia depois de um atentado suicida, o primeiro em um ano, ter matado uma israelense na cidade de Dimona.  Testemunhas afirmam que um dos mísseis disparados durante o ataque israelense atingiu a sala de orações do complexo de salas da delegacia, onde muitos estavam reunidos para as orações da tarde.  Depois do ataque, o Hamas instruiu todas as suas forças de segurança a deixar suas bases em toda a Faixa de Gaza.  De acordo com Aleem Maqbool, correspondente da BBC em Ramallah, Israel tem respondido de forma dura aos disparos de foguetes por militantes palestinos.  Desde que o processo de paz para a região foi relançado, em novembro de 2007, mais de 150 palestinos foram mortos em operações militares israelenses na Faixa de Gaza, a maioria membros de grupos militantes.

Mais conteúdo sobre:
gazaataqueisrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.