Ataque suicida mata 13 pessoas em capital afegã, diz governo

Um homem-bomba explodiu um ônibus quetransportava militares do Afeganistão na capital Cabul, nestaquarta-feira, matando seis militares e sete civis, informou oministério da Defesa do país. O suicida utilizou um carro no ataque, que aconteceudurante a hora do rush da manhã, em uma rua na parte sudoesteda cidade, informou o ministério em comunicado. Mais de uma dezena de pessoas, incluindo sete oficiaismilitares, ficaram feridas, algumas com gravidade, após aexplosão, disse à Reuters uma fonte do ministério. O ataque foio segundo suicida em Cabul desde terça-feira. "Seis membros do Exército Nacional e sete civis forammortos", afirma o ministério em comunicado. O porta-voz doministério, Zahir Azimi, disse que cinco dos militares mortoseram oficiais. Não foi explicado inicialmente se os civis estavam viajandono ônibus ou foram atingidos na rua pelo ataque, que tambémprovocou a explosão de botijões de gás em uma loja próxima,disseram testemunhas. Um porta-voz da milícia islâmica Talibã disse que um membrodo grupo foi responsável pelo ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.