Ataque suicida mata 3 policiais no noroeste do Paquistão

Polícia diz temer aumento de vítimas por haverem muitas pessoas no posto de controle na hora do atentado

Efe

09 de fevereiro de 2009 | 04h45

Pelo menos três policiais morreram e vários ficaram feridos em um ataque suicida contra um posto das forças de segurança, no noroeste do Paquistão, segundo informou nesta segunda-feira, 9, uma fonte da polícia.   O atentado aconteceu na cidade de Bannu, na Província da Fronteira Noroeste (NWFP), quando um suicida jogou o carro, carregado de explosivos, contra o posto de controle, que ficou totalmente destruído.   Segundo a fonte, citada pelo canal local Geo TV, havia muitas pessoas presentes no posto de controle na hora do atentado. Por isso, embora por enquanto só esteja confirmada a morte de três agentes, a polícia teme que aumente o número de vítimas.   O noroeste do país é palco de um intenso conflito entre exército e um forte movimento fundamentalista apoiado nas tribos pashtuns, que jamais estiveram sob completo controle do Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoataque suicida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.