Ataques a bomba no Iraque matam oito pessoas em distrito xiita

Duas bombas mataram pelo menos oito pessoas e feriram outras 38 em um movimentado mercado no distrito de Kadhimiya, em Bagdá, neste sábado, disseram fontes da polícia e do hospital.

Reuters

20 de outubro de 2012 | 14h30

Os ataques ocorrem após semanas de relativa calma na região, uma semana antes do feriado do festival islâmico de Eid al-Adha, um período em que as autoridades de segurança acreditam que os afiliados iraquianos da al Qaeda e outros insurgentes sunitas e islâmicos poderão tentar um ataque maior.

A polícia disse que as bombas explodiram dentro de um movimentado mercado e que a maioria das vítimas foram crianças e mulheres.

"Escutamos uma barulhenta explosão e corremos para ver o que tinha acontecido...havia uma grande desordem próxima da cena da explosão, roupas, dedos, comida e corpos para todos os lados", disse um policial no local.

"Muitos feridos estavam gritando, procurando os parentes".

As mortes por ataques militantes por todo o Iraque dobraram em setembro para 365, o maior número em mais de dois anos, com a maioria das mortes por ataques a bomba, de acordo com cifras do governo divulgadas neste mês.

(Reportagem de Kareem Raheem)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEATAQUEBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.