Ataques de Israel matam 18 pessoas de uma mesma família em Gaza, diz ministério

Ataques de tanques israelenses mataram 18 palestinos de uma única família no sul da Faixa de Gaza neste sábado, informou o ministério da Saúde de Gaza, pouco antes de uma trégua humanitária de 12 horas acertada entre Israel e o Hamas entrar em vigor. 

REUTERS

26 Julho 2014 | 10h24

    O porta-voz do ministério da Saúde de Gaza, Ashraf Al-Qidra, disse que 18 membros da família estavam aprisionados em sua casa na vila de Khuzaa, ao leste de Khan Younis, desde quinta-feira, e também que muitos outros estavam feridos graças aos tanques israelenses. 

    O número de fatalidades subiu para 881 palestinos, a maioria deles civis, desde que a ofensiva de Israel em Gaza começou no dia 8 de julho. 

(Reportagem de Nidal Almughrabi)

Mais conteúdo sobre:
ISRAEL GAZA ATAQUES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.