Reuters
Reuters

Ataques matam pelo menos 15 no Iraque, dizem autoridades

Mais de 40 pessoas ficaram feridos durante atentados

Estadão Conteúdo

04 Junho 2016 | 09h29

Pelo menos 15 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas, em ataques com bombas contra um posto de controle da polícia, um restaurante e dois mercados no Iraque, segundo autoridades do país. Os atentados ocorreram em Bagdá e no entorno da capital do país.

O ataque mais mortífero foi realizado por um suicida em um posto de controle militar em Tarmiyah, 50 quilômetros ao norte da capital. Oito pessoas morreram e 15 ficaram feridas nessa ação, sendo que três dos mortos eram soldados.

Os dois ataques separados em mercados de Bagdá deixaram cinco mortos. O ataque com uma bomba em um restaurante, por sua vez, matou duas pessoas. Autoridades da polícia e do setor de saúde confirmaram o número de vítimas. As fontes pediram anonimato, porque não tinham autorização para falar com repórteres.

Os ataques ocorrem no momento em que as forças do Iraque tentam retomar a cidade de Fallujah, no oeste do país, de militantes do Estado Islâmico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.