Ataques no Iraque matam 5 policiais e deixam 11 feridos

Artefatos explosivos mataram dois policiais em Badgá; ataque de insurgentes matou três policiais em Mossul

Efe

24 de junho de 2010 | 10h10

BAGDÁ - Ao menos cinco policiais iraquianos morreram e outras 11 pessoas ficaram feridas em dois ataques executados nesta quinta-feira, 24, em diferentes pontos do Iraque, segundo fontes do Ministério do Interior.

 

As fontes explicaram à Agência Efe que dois artefatos explosivos explodiram simultaneamente na passagem de um comboio da Polícia, ao leste de Bagdá.

 

Dois policiais morreram no ataque e outras oito pessoas, entre elas quatro agentes, ficaram feridas e foram transferidas a hospitais próximos.

 

Em outro incidente, insurgentes atacaram uma patrulha policial na cidade de Mossul - 400 quilômetros ao norte da capital - e mataram três policiais e feriram outros três.

 

Um dos veículos ficou totalmente destruído em consequência da explosão, afirmaram as fontes, que indicaram haver entre os feridos um oficial da Polícia.

 

O Exército iraquiano matou nesta manhã um insurgente que iria detonar o carro-bomba que conduzia em um mercado na cidade de Tal-Afar, a 80 quilômetros de Mossul.

 

Além disso, na madrugada passada, um grupo de homens armados vestidos com uniformes militares sequestrou e matou quatro pessoas, duas delas milicianos pró-governo, na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.