Ataques suicidas matam 14 em área sunita de Bagdá

Dois ataques suicidas em um bairrosunita de Bagdá mataram ao menos 14 pessoas, incluindo o líderde patrulhas de segurança na área, informou uma fonte doMinistério do Interior. Segundo outras duas fontes de segurança, o número de mortosé de 10 pessoas, mas deve subir. Um dos agressores vestia um colete com explosivos e o outroatacou com um carro-bomba. Entre os mortos está Riyadh al-Sammarrai, chefe dosvoluntários de segurança de Adhamiya, região majoritariamentesunita no nordeste de Bagdá. Um porta-voz de uma organização religiosa disse que ummilitante com um colete explosivo atacou perto da entrada doprédio da entidade em Adhamiya e a segunda bomba foi detonadadepois que pessoas se aproximaram do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.