Atentado com carro-bomba mata 11 em Bagdá

Explosão em um supermercado deixou ainda ao menos 37 pessoas feridas

Associated Press,

06 de maio de 2009 | 03h49

Um atentado com um carro-bomba contra um mercado de frutas e verduras deixou 11 mortos e 37 feridos nesta quarta-feira, 6, no bairro de Al-Daura, no sul de Bagdá.

 

Um veículo explodiu na entrada do mercado de Al-Watt al-Rashid, que nesse momento estava cheio de pessoas. Ainda não se sabe se o carro, que estava carregado com frutas e verduras, explodiu por controle remoto ou se em seu interior viajava um terrorista suicida. Vários veículos pegaram fogo com a explosão, acrescentou a fonte.

 

Após o atentado, as forças de segurança cercaram a região, para onde também se transferiram os bombeiros para apagar o incêndio causado pela explosão.

 

O bairro de Al-Daura, de maioria sunita, foi um dos mais castigados pela violência sectária desencadeada após o atentado contra um santuário xiita em Samarra, 100 quilômetros ao norte de Bagdá, em fevereiro de 2006. O ataque de quarta-feira coincide com um aumento dos atentados no último mês.

 

Em abril, 680 pessoas morreram por causa da violência no Iraque, em comparação com os 250 falecidos em março, o que representa um aumento de 267%, segundo os dados do Ministério do Interior iraquiano.

 

Texto atualizado às 5 horas

Tudo o que sabemos sobre:
atentadoataqueIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.