Atentado deixa pelo menos 6 mortos no noroeste do Paquistão

Explosão aconteceu em área tribal de difícil acesso na fronteira com o Afeganistão

Efe

16 de julho de 2010 | 08h53

 

ISLAMABAD - Um atentado causou a morte de pelo menos seis pessoas e deixou um número ainda indeterminado de feridos na conflituosa região tribal paquistanesa de Khyber, na fronteira com o Afeganistão, informaram diversos veículos da imprensa do país.

 

A explosão, que aconteceu em um bazar da região de Meherban Kilay, no vale de Tira, causou a morte de seis pessoas, de acordo com as redes televisivas "Dawn" e "Geo", mas, segundo outro canal, o "Express", o número de mortos chegou a dez, com 20 feridos, que foram levados a um hospital próximo.

 

Nenhum dos três veículos citou suas fontes. A ausência de jornalistas no local, uma zona de difícil acesso onde há frequentemente confrontos entre grupos rivais, complica a verificação de informações.

 

Este é o segundo atentado em dois dias no Paquistão, depois que na quinta-feira um suicida matou pelo menos cinco pessoas após atacar um comboio das forças de segurança na localidade de Mingora, no vale de Swat, norte do país.

 

A região de Khyber, onde aconteceu o atentado desta sexta, é palco de uma operação governamental contra os taleban, mas nas últimas semanas não houve informações oficiais sobre combates na zona.

 

A principal passagem terrestre para o Afeganistão fica na região, e por lá passam diariamente centenas de caminhões encarregados do transporte de provisões para as forças da Otan em terras afegãs.

 

O Exército paquistanês combate a insurgência taleban em vários pontos do noroeste e em quase todas as regiões do conflituoso cinto tribal fronteiriço com o Afeganistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.