Atentado mata 15 pessoas e fere 14 no Afeganistão

Militantes do Taliban mataram 15 pessoase feriram outras 14 na terça-feira, em um atentado suicida noleste do Afeganistão, próximo à fronteira com o Paquistão,seguido de tiros e granadas contra alvos policiais, disse umporta-voz das forças da Otan. O Taliban havia prometido executar ataques suicidas nesteano, para minar a confiança dos afegãos na capacidade de seugoverno de oferecer segurança e desgastar o apoio no Ocidente àcontínua presença de tropas internacionais no país. "Relatos iniciais indicam que um militante suicida matou eferiu civis no centro do distrito, enquanto alguns membros daANP (Polícia Nacional Afegã, na sigla em inglês) foram mortos eferidos perto de seu posto com pequenas armas e granadaslançadas por foguetes", disse o porta-voz das forças da Otan. As forças da Otan estavam perto do centro do distrito deKhogiani, uma pequena cidade ao sul de Jalalabad, no momento daexplosão, mas escaparam ilesos e estavam ajudando a cuidar dosferidos e a encaminhá-los ao hospital, segundo o porta-voz. Um morador disse ao telefone que os mortos incluíam 11membros das forças de segurança do Afeganistão e duas crianças. O Taliban promoveu mais de 140 atentados suicidas atravésdo país contra alvos estrangeiros e do governo em 2007, mas amaioria das cerca de 200 vítimas era de civis. Os conflitos se acentuaram no sul e no leste do país nasúltimas semanas, com a chegada da primavera e a neve derretendonas montanhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.