Yasser Faisal/Reuters
Yasser Faisal/Reuters

Atentado mata 8 pessoas e fere 25 em Faluja, no Iraque

Explosão ocorre no meio da apuração do resultados das eleições parlamentares do último dia 7

Efe

15 de março de 2010 | 04h57

A explosão de um carro-bomba nesta segunda-feira, 15, após a passagem de uma patrulha do Exército iraquiano matou oito pessoas e deixou outras 25 feridas na cidade de Faluja, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, informaram fontes do Ministério do Interior do país.

 

Vários desconhecidos estacionaram o carro em uma rua da cidade para atentar contra os militares, mas a explosão ocorreu depois que as tropas passaram pelo local e todas as vítimas eram civis, segundo as fontes.

 

A explosão causou enormes danos a várias lojas e automóveis que estavam estacionados na área do ataque. As forças de segurança iraquianas foram ao local do atentado e as ambulâncias começaram a levar as vítimas para o hospital.

 

O atentado se registrou em meio a um período no qual a Comissão Eleitoral iraquiana divulga a cada dia dados sobre os resultados parciais das eleições parlamentares do dia 7 passado, que contaram com 62% de participação dos eleitores - 18,9 milhões de pessoas.

 

O dia das eleições havia começado com várias

VEJA TAMBÉM:
Guerra do Iraque: do início ao início do fim
explosões em Bagdá, que causaram 38 mortes e deixaram cerca de 80 feridos. Os candidatos do pleito disputaram as 325 cadeiras do Parlamento, que designará a próxima coalizão governante e o novo presidente.

 

Durante a campanha eleitoral, os policiais iraquianos reforçaram as medidas de segurança em todo o país para evitar que ocorressem episódios de violência.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadocarro-bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.