Atentado mata ao menos 20 pessoas e fere 117 no Iraque

Motocicleta carregada de explosivos foi detonada durante peregrinação xiita à capital Bagdá

Efe,

03 de fevereiro de 2010 | 08h41

Pelo menos 20 pessoas morreram e 117 ficaram feridas em um atentado contra xiitas cometido nesta quarta-feira, 3, na cidade iraquiana de Karbala, 110 quilômetros ao sul de Bagdá.

 

Segundo fontes policiais, uma motocicleta carregada de explosivos foi detonada perto de um instituto politécnico quando vários fiéis chegavam à cidade a pé para lembrar o imame Hussein, morto no ano 680.

 

Entre as vítimas, há mulheres, crianças e idosos. Devido ao estado grave de alguns dos feridos, não está descartada a hipótese de o número de mortos subir ainda mais.

 

A explosão da motocicleta aconteceu no começo da manhã, apesar de todo o esquema de segurança que o Exército e a Polícia iraquianos montaram na cidade e nas estradas para proteger os xiitas.

 

Na hora, além dos peregrinos que chegavam à Karbala, várias pessoas trabalhavam nos preparativos do Arbain, festividade que vai ser celebrada na noite de quinta para sexta-feira.

 

Também hoje, três pessoas morreram e 23 ficaram feridas na explosão de três artefatos dirigidos contra peregrinos xiitas em Bagdá e na província de Babel, vizinha à de Karbala.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueatentadoBagdáxiitas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.