Atentado suicida mata nove em quartel no Afeganistão

Outras oito pessoas foram feridas no atentado; entre os mortos estão quatro civis e cinco oficiais

Efe e Associated Press,

30 de março de 2009 | 06h27

Pelo menos nove pessoas morreram nesta segunda-feira, 30, e outras oito ficaram feridas durante um atentado suicida contra um quartel da polícia na província afegã de Kandahar. Cinco oficiais e quatro civis morreram no ataque.

 

O ataque aconteceu pela manhã quando os agentes chegavam ao quartel para iniciar o trabalho. O porta-voz da Polícia provincial, Zalmai Ayubi, explicou que um suicida que vestia uniforme policial se infiltrou no interior do quartel de Dand, ao oeste da capital de Kandahar, e detonou sua carga. Entre os mortos está o chefe da polícia e o administrador desse distrito.

 

Os taleban têm em Kandahar e na província vizinha de Helmand seus principais redutos, onde os atentados e as ofensivas militares lançadas pelas tropas afegãs e internacionais no país são frequentes. Na sexta-feira passada o presidente americano, Barack Obama, anunciou sua nova estratégia para o Afeganistão, que inclui o envio adicional de 4 mil soldados, com o objetivo de derrotar a rede terrorista Al-Qaeda.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.