Omar Sobhani/Reuters
Omar Sobhani/Reuters

Atentado suicida mata pelo menos 16 pessoas no Afeganistão

Cinco homens-bomba e um carro-bomba atingiram o complexo militar durante uma reunião de defesa com autoridades

Agência Estado,

14 de agosto de 2011 | 09h10

Explosões provocadas por rebeldes suicidas mataram pelo menos 16 pessoas e deixaram dezenas de feridos em atentado a um complexo do governo no Afeganistão, na província de Parwan, neste domingo, 14.

 

Cinco homens-bomba e um carro-bomba atingiram o complexo militar durante uma reunião de defesa com autoridades. O Taleban assumiu a responsabilidade pelas explosões. O governador, Abdul Basir Salangi, foi a TV afegão, depois do ataque, para afirmar que não havia sido ferido.

 

Enquanto o Ministério da Saúde afirmou que foram 16 mortos, o Ministério do Interior informou que 19 pessoas morreram, incluindo 14 civis.

 

Este foi o segundo atentado no complexo do governo em Parwan em dois meses. No final de junho, duas pessoas foram mortas em uma explosão suicida no exterior do complexo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
afeganistãoatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.