Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Atentado suicida no Paquistão deixa pelo menos seis mortos

Os mortos, segundo a Polícia, são três civis e três membros das forças de segurança

EFE,

15 de dezembro de 2007 | 04h39

Pelo menos seis pessoas morreram, entre elas três soldados, num atentado suicida, na madrugada deste sábado, no noroeste do Paquistão, informou à Efe uma fonte militar. O atentado aconteceu às 9h30 (2h30 de Brasília), no distrito de Nowshera, na Província da Fronteira Noroeste. Segundo um porta-voz militar, um terrorista suicida montado numa moto detonou sua carga explosiva ao chegar a um posto de controle de segurança, próximo a uma área militar. Os mortos, segundo a Polícia, são três civis e três membros das forças de segurança que estavam no posto de controle. Além disso, outras sete pessoas se encontram em estado muito grave, no Hospital Militar. Um relatório confidencial revelado nesta sexta-feira alertou para o perigo de uma nova onda de ataques suicidas, que poderiam ter entre seus alvos os principais políticos do Paquistão. O Paquistão se encontra em estado de exceção desde 3 de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
ATENTADOPAQUISTÃOVÍTIMAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.