Avião pega fogo e deixa ao menos 40 feridos no Irã

Ao menos 40 pessoas ficaram feridas neste domingo devido ao incêndio de um avião Tupolev, de fabricação russa, no momento do pouso no norte do Irã, informou a rádio estatal.

REUTERS

24 de janeiro de 2010 | 11h58

"Cerca de 42 passageiros, entre os 157 que estavam a bordo, ficaram feridos quando o avião estava pousando no aeroporto da cidade de Mashhad", disse Gholamreza Massoumi, chefe dos serviços de emergência do Irã.    

 

Causas ainda serão investigadas; condições do tempo podem ter contribuído para incidente  

Segundo o porta-voz da aviação civil do país Reza Jafarzadeh, não houve mortes. A agência de notícias oficial IRNA informou que o incidente ocorreu quando a parte de trás do avião, pertencente à companhia iraniana Taban Airliner, pegou fogo enquanto aterrissava.

Mashhad é um destino popular para peregrinação entre a maioria muçulmana xiita do Irã. A causa do incidente está sendo investigada, segundo a IRNA.

A Agência Federal de Transporte Aéreo da Rússia informou no domingo que vai investigar as causas do fogo e disse que "condições do tempo e problemas de visibilidade podem ter causado o incidente", segundo a agência estatal RIA-Novosti.

(Texto de Reza Derakhshi)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAAVIAOFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.