Bagdá impõe toque de recolher para proteger peregrinos

Autoridades iraquianas ordenaram aretirada de carros das ruas de Bagdá por três dias, a partir daterça-feira, para proteger os peregrinos xiitas que se reúnempara um grande festival religioso na capital. Um porta-voz do Ministério do Interior disse nestasegunda-feira que a proibição tem por objetivo impedir ataquescontra os peregrinos, vulneráveis enquanto rumam para osantuário do Imã Musa Khadim no distrito de Kadhimiya, aonorte. Quase mil peregrinos xiitas foram mortos durante um tumultona cerimônia em 2005, quando uma multidão que rumava para osantuário entrou em pânico por causa de rumores de umhomem-bomba. Foi a maior perda de vidas iraquianas em um único incidentedesde a invasão liderada pelos EUA em 2003. No ano passado, atiradores, alguns em telhados, emboscaramdezenas de milhares de peregrinos que caminhavam em direção aosantuário, matando pelo menos 20 pessoas e ferindo outras 300. (Por Ross Colvin)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.