Ban diz a Conselho de Segurança que é hora de agir sobre a Líbia

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, exortou na sexta-feira o Conselho de Segurança para que aja rápido em relação às sanções propostas contra o país para forçar os líderes líbios a suspender a violência contra o país.

REUTERS

25 de fevereiro de 2011 | 18h08

"É hora de o Conselho de Segurança considerar uma ação concreta", disse Ban ao conselho formado por 15 nações.

"As próximas horas e dias serão decisivos para os líbios."

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAONUBAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.