Ban Ki-moon chega à Líbia para negociar a paz

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, chegou à capital da Líbia, Trípoli, no sábado para conversar com as facções que lutam pelo controle do país, na visita de mais alto nível de uma autoridade estrangeiro em três meses.

REUTERS

11 de outubro de 2014 | 14h04

O país produtor de petróleo está lutando com dois governos e dois parlamentos desde um grupo armado da cidade ocidental de Misrata tomou a capital, em agosto, e criou o seu próprio gabinete e forçou o governo reconhecido internacionalmente a se deslocar para o leste.

O secretário-geral "vai exortar as partes a avançar com o diálogo político para restaurar a estabilidade no país", disse a ONU em um tuíte.

Potências ocidentais e vizinhos da Líbia temem que o país do norte da África se torne um Estado falido, com os ex-rebeldes que ajudaram a derrubar Muammar Gaddafi em 2011 agora lutando pelo controle e uma parte das vastas reservas de petróleo.

Ban Ki-moon vai encontrar o vice-presidente da Câmara dos Deputados e outros legisladores do parlamento eleito, que se mudou para a cidade oriental de Tobruk, bem como os membros da assembleia de Misrata que têm boicotado as sessões.

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAONUPAZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.